Cozinha Maravilhosa da Nika
Couve-flor Recheada

Quanto tempo não venho aqui falar de cozinha para vocês, na realidade, a vida está um pouco complicada, agora sou estudante em tempo integral, que venha os concursos! Sim, virei concurseira e junto veio a preguiça de cozinhar, mas tenho algumas receitinhas aqui e prometo que com o tempo vou postá-las! Vamos ao que interessa? Esta receita foi passada pra mim pela minha avó paterna, tem um gosto de infância da cidade grande.


1 couve-flor
O quanto baste de presunto
O quanto baste de muçarela
Maionese ou Molho Branco
Tempero a gosto
Queijo parmesão ralado

Lave bem a couve-flor inteira, deixe de molho em água com vinagre. Em uma panela grande e que caiba a couve-flor, ferva água com tempero (sal, pimenta do reino, alho, cebola), coloque a couve-flor para cozinhar inteira, com a parte debaixo primeiro e depois vire-a, só para dar uma cozinha. A couve-flor tem que ficar 'al dente' ela não pode cozinhar demais, senão vai desmanchar. Tire da água quente e passe imediatamente na água fria, isso parará o cozimento dela. Enquanto a couve-flor cozinha, vá fazendo rolinhos com a muçarela e o presunto (eu tenho alma gordinha e enrolo duas muçarelas e um presunto, o presunto no meio). Quando a couve-flor estiver fria, você deve começar a recheá-la, comece por baixo e depois vá abrindo as flores da couve-flor e vá enfiando no meio delas, ela ficará assim:


Eu gosto de rechear bem, colocando bastante mesmo. Cubro, ou com maionese ou com molho branco, gosto dos dois, mas depende do dia, o molho branco tem que ser mais encorpado do que o normal, depois polvilhe com queijo parmesão e leve para gratinar, até ficar bem douradinho. Sirva com arroz e uma saborosa carne.

E enquanto cozinho, forrozeio:



1 comentários:

Sara 16 de agosto de 2013 14:31  

Eu não sou fanática presunto, então eu geralmente gosto de comer outras coisas, mas também não é feio, então eu acho que ele estaria animado para experimentar esta receita, enquanto a encontrar em nos restaurantes em barueri

Postar um comentário

  © DO MUITO E DO POUCO

Design by Emporium Digital